Workshop: Sincronizar pastas e arquivos

Você pode ter arquivos disponíveis em vários locais, sincronizando-os. Assim, os arquivos podem não apenas ser lidos, mas também modificados onde e quando você quiser. Em seu próprio PC ou outro sistema, em sua rede ou (muito) além. Graças à sincronização, você sempre tem a versão mais recente de seus dados. A sincronização é algo que deve ser definido com muita precisão. Estamos felizes em ajudá-lo em seu caminho com este workshop.

1. Sincronizar arquivos e pastas

Com o programa gratuito FreeFileSync você pode manter pastas e até discos inteiros sincronizados. Você pode baixá-lo via FreeFileSync. Uma vez lá, clique no botão Baixe! e então atrás Procurando a versão mais recente? sobre Baixe a configuração do FreeFileSync vX.X. Você obterá então a versão mais recente disponível. No nosso caso isso é v5.0. Como você provavelmente precisará desse programa com mais frequência, é aconselhável não executá-lo diretamente, mas salvá-lo primeiro no PC.

2. Instale o FreeFileSync

Vá para a pasta que contém o arquivo de instalação e execute-o. Depois de concordar com o contrato de licença, você verá duas opções. O padrão é Local (recomendado) selecionado. O programa é então instalado no seu PC e pode ser iniciado a partir da área de trabalho, entre outras coisas. Do Portátil o programa pode ser armazenado em um dispositivo de armazenamento móvel junto com seus arquivos, por exemplo, porque você costuma trabalhar em 'sistemas externos' e só sincroniza as alterações com seu próprio PC quando chega em casa. Nós escolhemos Local.

3. Em todas as formas e tamanhos

Assim que a instalação for concluída, inicie o FreeFileSync clicando duas vezes no ícone na área de trabalho. Somente na primeira vez, será perguntado se você pode verificar se há atualizações semanais. De preferência, permita isso. A primeira coisa que você precisa fazer é definir como a sincronização deve ocorrer. Existem vários métodos, e é essencial que você escolha aquele que faz exatamente o que você tem em mente. Para fazer isso, clique na engrenagem verde Configurações de sincronização no lado direito da janela do programa.

4. Sincronizar para frente e para trás

Escolher Automaticamente se as alterações precisam ser copiadas e para trás. Suponha que você sincronize uma pasta em seu PC com uma pasta em um stick USB. Em qualquer uma das duas pastas em que você fizer alterações, após a sincronização, você encontrará apenas as versões mais recentes de seus arquivos em ambos os locais. Essa opção geralmente é a melhor escolha se você deseja ter liberdade para editar um arquivo em qualquer computador. Porém, tenha cuidado, porque as exclusões também são sincronizadas. O que você joga fora de um lado também desaparece do outro.

5. Imagem espelhada

Você usa um sistema como o computador principal e sempre tem as versões mais recentes de seus arquivos lá? Então a opção espelho também é suficiente. As alterações são então copiadas do PC para o outro meio de armazenamento, ou seja, unilateralmente. Os ajustes (acidentalmente ou por terceiros) em, por exemplo, uma unidade externa, não são trazidos de volta para o PC. Portanto, apenas escolha esta opção se você realmente editar apenas seus arquivos naquele PC. A pasta sincronizada tem como objetivo principal referência e backup (backup).

6. Empilhar arquivos

Também o método de sincronização Atualizar destina-se a copiar arquivos novos e alterados apenas para um segundo meio de armazenamento. Diferença de espelho é que os arquivos que você excluiu do PC permanecerão no segundo local desta vez. Se você excluiu um arquivo do PC, ele ainda estará no segundo local - desde que tenha sido sincronizado anteriormente. Observe novamente que os arquivos são sincronizados apenas de uma maneira. Os ajustes no meio externo, portanto, não são copiados para o PC.

Postagens recentes