Automatizando o Windows 10 com scripts personalizados

Existem muitas tarefas no Windows que você executa regularmente? Comece com seus próprios scripts em lote, com os quais você pode executar as tarefas automaticamente. Eles são tão antigos quanto o MS-DOS, mas ainda funcionam no Windows. Aprenda a escrever alguns scripts personalizados para executar seu computador como um profissional.

Dica 01: scripts

Você pode usar scripts para diferentes tarefas. Na maioria dos casos, os scripts são úteis quando você tem tarefas recorrentes que não deseja mais fazer manualmente. Pense em solicitar informações sobre o computador ou solicitar o conteúdo de uma pasta. Criar um script não precisa ser complicado, como você lerá mais adiante neste artigo. Cada linha em um script executa um comando. Com o comando pausa você pode, por exemplo, pausar um script, o que é útil se você deseja escrever vários comandos em sucessão no mesmo script. Se você tem - talvez do passado - experiência com atribuições no MS-DOS, agora você se beneficiará novamente com esse conhecimento. Com um script, você pode executar quase todos os comandos como costumava fazer manualmente. Comandos populares como del, cls e Ren são perfeitamente viáveis. Ainda não está familiarizado com essas atribuições? Não tem problema: é relativamente fácil construir o conhecimento básico necessário.

Dica 02: construção

Um script consiste em várias linhas de texto que instruem o computador a executar certas tarefas. Você não precisa de muito para criar um script. Você não precisa de mais do que o bloco de notas integrado. Abra o menu Iniciar, comece a palavra Bloco de anotações e abra o aplicativo com o mesmo nome. Você pode criar rapidamente um script simples que exibe uma frase, por exemplo. Digite o seguinte:

@ECHO OFF

ECHO Este é o meu primeiro script escrito por mim

PAUSA

Em seguida, você salva o arquivo, onde é importante usar a extensão correta. Escolher Salvar Arquivo. Escolha em Salvar como em frente Todos os arquivos. Dê um nome ao arquivo, com a extensão .bat. Por exemplo: Script.bat. É hora de testar o script. Feche o arquivo do bloco de notas e clique duas vezes no arquivo Script.bat. Uma nova janela será aberta e o script exibirá a frase. Pressionar qualquer tecla fecha a janela. Para editar o script posteriormente, clique com o botão direito sobre ele e escolha Para processar. O bloco de notas será aberto e você poderá fazer os ajustes.

Comandos usados ​​com frequência

ECO Escolher ECHO OFF se quiser apenas mostrar na tela qual é o resultado de um determinado comando (e ocultar os próprios comandos). Por exemplo, você escolhe uma atribuição como ping tipsentrucs.nl e tem a atribuição para isso ECHO OFF então a janela mostrará apenas o resultado do comando ping.

Adicione um símbolo de arroba (@ECHO OFF) para também obter o primeiro comando ECHO OFF com o prompt de comando.

CLS Limpe a janela do Prompt de Comando atual para começar do zero. Este comando é útil se você executar vários scripts em sucessão e quiser sempre iniciar com uma janela vazia.

TÍTULO: Se você deseja dar à janela do Prompt de Comando seu próprio título, use este comando, seguido pelo título. Por exemplo:

TÍTULO: Este é o meu próprio script

PAUSA Isso interrompe a execução de um script e pode ser retomado posteriormente.

:: Use esses dois pontos para colocar um comentário no documento. Útil se você criar vários scripts e quiser entendê-los posteriormente. Também é útil se você compartilhar o script com outras pessoas e quiser explicá-lo. Por exemplo:

:: Este script controla o funcionamento do computador

CÓPIA DE Isso copiará um arquivo ou pasta para outro local. Por exemplo:

COPY Script.bat C: \ Docs

SAÍDA Isso fecha a janela do prompt de comando.

Dica 03: Em caso de problemas

Você tem problemas de rede, por exemplo, porque a conexão com a Internet foi perdida? Normalmente você executa um comando como ipconfig / all para verificar o status do hardware de rede. Ou você usa um comando como ping para verificar a acessibilidade de um sistema na rede. Esses comandos se encaixam perfeitamente em um script, porque você pode executá-los um após o outro. Podemos configurar o script assim:

@ECHO OFF

ipconfig / all

ping tipsentrucs.nl

tracert tipsentrucs.nl

PAUSA

Qualquer um pode escrever seus próprios scripts de forma relativamente rápida

Dica 04: notas

Especialmente com scripts mais longos, é útil (e interessante) adicionar ocasionalmente um comentário no script. Dessa forma, você saberá mais tarde qual é a função de um script, mas outros usuários também podem trabalhar com seus scripts. Afinal, o comentário explica o que acontece no script. Um comentário nunca é "executado" pelo script. Para postar um comentário, digite :: (duas vírgulas, sem espaço), seguido por um espaço e o comentário real. Cada linha pode conter um comentário. Esta é a aparência dessa linha:

:: Este script controla o funcionamento do computador

Dica 05: arquivo de texto

Às vezes, um script gera informações importantes. Você pode optar por exibir as informações na tela (como na dica 3), mas também pode ter as informações salvas em um arquivo de texto para que possa revisá-las posteriormente quando quiser. Isso também é útil se você deseja comparar as informações de um período de tempo mais longo. Por exemplo, se você escreveu um script que verifica a velocidade do ping da conexão com a Internet e executa o mesmo script novamente após algum tempo. Use os caracteres >> para isso, seguido por um espaço e o nome do arquivo de texto no qual as informações devem ser gravadas. Por exemplo:

ping tipsentrucs.nl >> registration.txt

Os resultados do comando ping para tipsentrucs.nl são gravados no arquivo quando o script é executado Registration.txt. Você pode então visualizar este arquivo com o Bloco de Notas.

Um script utilizável tem a seguinte aparência:

@ECHO OFF

:: Com este script verifico se a conexão com a internet está funcionando corretamente

ipconfig / all >> registration.txt

ping tipsentrucs.nl >> registration.txt

tracert tipsentrucs.nl >> registration.txt

Salve o arquivo, por exemplo como networkcontrol.bat e execute-o. Seja paciente: uma janela de Prompt de Comando aparecerá e os comandos serão executados. A janela será fechada automaticamente assim que todos os comandos forem executados. Em seguida, abra o arquivo Registration.txt: os resultados da auditoria são bem documentados.

PowerShell

No Windows 10, além do Prompt de Comando 'clássico', você também encontrará outra linha de comando: PowerShell. Quais são as diferenças? Você pode pensar no PowerShell como o irmão avançado do Prompt de Comando. O componente é usado principalmente em organizações por administradores de sistema que podem executar tarefas administrativas (de servidores) com ele, entre outras coisas. Você pode executar scripts mais complexos com ele. O Prompt de Comando é mais antigo que o PowerShell. O usuário médio não precisa usar o PowerShell. O prompt de comando também é suficiente para o nosso propósito.

Dica 06: Visão geral

Agora que sabemos como usar um script para gravar informações em um arquivo de texto, também podemos usar essa tática para criar visões gerais úteis. Por exemplo, se você deseja saber quais arquivos estão em uma pasta. Com o seguinte script, você faz automaticamente um inventário dos arquivos na pasta D: \ Tips e grava essas informações em um arquivo Overview.txt, que é colocado na mesma pasta:

@ECHO OFF

:: Mostrar todos os arquivos da pasta Dicas no arquivo de texto Visão geral

dir "D: \ Tips" >> D: \ Tips \ Overview.txt

ECHO O inventário foi feito

PAUSA

Quando terminar, abra o arquivo Overview.txt para ver os arquivos.

Os scripts permitem que você execute tarefas automaticamente

Dica 07: na inicialização

Torna-se ainda mais interessante se você tiver um script que deve ser executado toda vez que o Windows é iniciado. Primeiro, criamos um atalho para o arquivo de script. Clique com o botão direito no arquivo de script e escolha Copiar para / Desktop (criar atalho). Depois disso, abra a área de trabalho e verifique se o atalho está presente. Clique com o botão direito e escolha Cortar. Abre a janela Para realizar (dica: use a combinação de teclas Windows + R) e digite Shell: inicialização, seguido por pressionar Digitar. O mapa Comece será aberto. Clique com o botão direito e escolha Para furar. O atalho para o arquivo de script agora está presente na pasta Comece. Desligue o Windows escolhendo. No menu Iniciar On / Off / Restart. A partir de agora, o script será executado automaticamente sempre que o Windows for iniciado. Para encerrar, simplesmente exclua o arquivo da pasta Inicializar.

Dica 08: Informações do sistema

Você também pode escrever um arquivo de script se quiser ver mais informações sobre o computador usado. Por exemplo, qual sistema operacional é usado, quanta memória o computador possui e qual rede é usada. O script ficará assim:

@ECHO OFF

:: Com este script você obtém informações sobre o computador utilizado

TITLE Sobre este computador

ECHO Aguarde enquanto obtemos informações sobre o computador!

:: Etapa 1: Qual Windows este computador está usando

ECO ==============================

ECHO INFORMAÇÕES SOBRE O WINDOWS

ECO ==============================

informações do sistema | findstr / c: "Nome do SO"

informações do sistema | findstr / c: "Versão do sistema operacional"

informações do sistema | findstr / c: "SystemType"

:: Etapa 2: Qual hardware este computador usa

ECO ==============================

ECHO INFORMAÇÕES SOBRE O HARDWARE

ECO ==============================

informações do sistema | findstr / c: "Memória física total"

wmic cpu get name

:: Etapa 3: Qual rede este computador está usando

ECO ==============================

ECHO INFORMAÇÕES SOBRE A REDE

ECO ==============================

ipconfig | findstr IPv4

ipconfig | findstr IPv6

PAUSA

Dica 09: Ou para arquivar

Você também pode usar o script da dica 8 para gerar um arquivo de texto com as informações sobre o computador. Como você leu na dica 4, a adição >> filename.txt usado. Com esse conhecimento, você pode expandir ainda mais o script. A seguir está a primeira parte do script como exemplo:

@ECHO OFF

:: Com este script você obtém informações sobre o computador utilizado

TITLE Sobre este computador

ECHO Aguarde enquanto obtemos informações sobre o computador!

:: Etapa 1: Qual Windows este computador está usando

ECO ==============================

ECHO INFORMAÇÕES SOBRE O WINDOWS

ECO ==============================

informações do sistema | findstr / c: "Nome do SO" >> Information.txt

informações do sistema | findstr / c: "Versão do sistema operacional" >> Information.txt

informações do sistema | findstr / c: "Tipo de sistema" >> Information.txt

Postagens recentes