Criptografe seus arquivos com o Cryptomator

Os arquivos que você armazena no Dropbox, Box, Stack, Google Drive ou outros serviços em nuvem são criptografados pelo provedor por padrão. Mas o elo mais fraco está em outro lugar. Se alguém conseguir fazer login com seus dados de login, seus arquivos poderão ser acessados ​​rapidamente. Sem mencionar possíveis 'terceiros' que tenham acesso aos seus arquivos na nuvem. O Cryptomator adiciona uma camada extra de segurança aos 'serviços de nuvem pública' e torna seus arquivos ilegíveis para terceiros.

1 criptografia adicional

Felizmente, quase todos os serviços em nuvem oferecem criptografia para armazenamento. Isso significa que seus arquivos são armazenados de forma ilegível no (s) servidor (es). Mas se alguém colocou as mãos em seu nome de usuário e senha, eles podem acessar seus arquivos de qualquer computador com conexão à Internet. Como você não tem ideia de quais governos e empresas também podem visualizar e verificar seus arquivos, uma camada extra de criptografia é mais do que bem-vinda. Com o Cryptomator, você pode fazer isso facilmente: qualquer pessoa pode configurá-lo e ele funciona em qualquer dispositivo.

2 criptomador

O Cryptomator oferece uma camada extra de segurança do lado do 'cliente': seu computador, smartphone ou tablet. Depois de armazenar algo no cofre do Cryptomator, seus arquivos primeiro recebem um tratamento especial. Eles se tornam ilegíveis com criptografia adicional antes de irem para a nuvem. Mesmo os nomes de arquivos e pastas não podem ser rastreados. Se você abrir uma pasta que foi tratada pelo Cryptomator no Windows Explorer, não conseguirá descobrir e verá apenas 'arquivos inúteis'.

3 clientes

Cryptomator é um projeto de código aberto e o software é oferecido totalmente gratuito. Aqui, o Cryptomator está muito acima da concorrência que promete segurança extra para seus arquivos em nuvem. Nenhum registro é necessário e nada relacionado ao seu criptomador ou a você como pessoa é armazenado online. Tudo acontece no seu computador (ou por meio de outro cliente seu). Para acessar arquivos protegidos pelo Cryptomator, você precisa de um 'programa cliente' do Cryptomator. O Cryptomator está disponível para Windows, macOS, Linux, iOS e Android. Neste artigo, discutiremos a versão do Windows.

4 ponto de partida

Neste exemplo, estamos usando o Cryptomator com o Dropbox, mas pode ser qualquer outro serviço em nuvem. A condição é que o serviço em nuvem se integre ao Windows. Instalamos o programa Dropbox. Isso cria uma pasta especial que pode ser aberta por meio do Windows Explorer. Tudo o que você salva nesta pasta acaba automaticamente com o serviço de nuvem de mesmo nome na internet. Esses arquivos podem ser acessados ​​automaticamente em todos os dispositivos onde você instalar o Dropbox.

5 experimentação segura

A grande vantagem do Cryptomator é que você não protege todo o seu serviço de nuvem. Mesmo se você instalar e usar o Cryptomator, você pode escolher salvar certos arquivos através do 'método padrão'. Portanto, se você já tem um Dropbox 'cheio', pode experimentar com segurança o Cryptomator sem correr o risco de perder os arquivos atuais em seu Dropbox se cometer um erro, por exemplo. Baixe e instale o Cryptomator. Na primeira vez que você iniciar o programa, verá um painel de controle vazio.

Porque? Portanto!

A criptografia não é aconselhável apenas se você se descrever como uma "pessoa ligeiramente paranóica". Com um serviço de nuvem pública, você nunca sabe quem tem acesso aos seus arquivos. Até mesmo o local de armazenamento físico do (s) servidor (es) na Internet é difícil para um mero mortal descobrir. Você também não sabe quais instituições governamentais ou outras partes têm acesso aos seus dados. Por fim, há a segurança do próprio serviço em nuvem. A história mostra que centenas de milhares de contas estavam temporariamente acessíveis devido a um erro. Ao tomar medidas com o Cryptomator, você não pode evitar tudo isso. Mas certifique-se de que seus arquivos são e permanecem ilegíveis.

Postagens recentes