Computador quebrado? É assim que você descobre o que está errado

Um sistema de computador é uma interação complexa de todos os tipos de componentes de hardware, software de sistema, drivers e aplicativos. No entanto, não há muito a dar errado para sobrecarregar-se com um sistema petulante ou mesmo "morto". Se o seu PC estiver quebrado, você deve primeiro diagnosticar o problema com a maior precisão possível.

  • Veja como resolver os maiores problemas no macOS 11 Big Sur em 02 de dezembro de 2020 06:12
  • FreeMeter - Medir é saber 22 de novembro de 2020 15:11
  • Como resolver problemas de UEFI 21 de novembro de 2020 09:11

O que nós fazemos?

Investigamos várias causas possíveis de um sistema de computador que não funciona mais (corretamente). Fazemos isso com base em algumas observações simples. Com base nesse diagnóstico, propomos os remédios mais adequados.

Dica 01: Diagnóstico

Se um usuário relatar um problema de computador ao departamento de TI da empresa, há uma boa chance de que uma descrição detalhada do sintoma seja solicitada. Lógico, porque muitas vezes a solução já pode ser amplamente deduzida dos sintomas. Por exemplo, faz uma grande diferença se o seu sistema não dá mais nenhum sinal de vida ou se você ainda ouve sinais sonoros, se os LEDs se acendem ou vê certas mensagens - e, em caso afirmativo, quais exatamente. Portanto, adaptamos este artigo de solução de problemas a essas observações e classificamos os possíveis problemas de acordo. Se você alguma vez tiver que lidar com problemas, você saberá imediatamente em qual 'categoria de problema' deveria estar, para que você chegue à causa certa e à solução mais rapidamente.

A solução para problemas de tecnologia pode muitas vezes ser inferida a partir dos sintomas

Dica 02: Nutrição

A maioria das fontes de alimentação também possui um indicador LED. Em seguida, verifique se o LED acende continuamente (verde). Se este LED piscar (por um tempo), isso pode indicar um capacitor com defeito. Você mesmo poderia substituí-lo, mas a menos que seja um virtuoso da soldagem, é melhor comprar uma nova fonte de alimentação. Aqui você encontrará um 'teste de clipe de papel' com o qual poderá verificar se uma fonte de alimentação está realmente com defeito, mas achamos que é mais seguro obter a resposta por meio de um 'teste cruzado': conecte outra fonte de alimentação ao PC problemático e feche a fonte de alimentação suspeita para outro computador. Se o primeiro funcionar e o outro ainda não funcionar, você sabe que sua fonte de alimentação está realmente com defeito. Verifique também se todos os conectores da fonte de alimentação estão (corretamente) colocados: aqui você encontrará uma visão geral das conexões mais comuns.

Dica 03: placa-mãe

Obviamente, também é possível que algo tenha se soltado dentro do gabinete do sistema, por isso é uma boa ideia verificar se todos os plugues ainda estão firmes na placa-mãe. Também pode acontecer que o botão Iniciar do PC esteja bloqueado. É melhor consultar o manual do sistema do seu computador para isso. Antes de abrir a caixa do sistema, você deve, em qualquer caso, certificar-se de que o PC está completamente desligado, que o plugue foi removido da tomada e que você está "aterrado", de preferência usando uma pulseira antiestática especial - disponível em lojas de informática e sites da Web - ou tocando primeiro em um pedaço de metal (por exemplo) do sistema de aquecimento central ou cano de água.

Se tudo parece estar em ordem e o PC ainda não faz nada, há uma boa chance de que sua placa-mãe esteja quebrada. Você faria bem em ter esse diagnóstico confirmado por um reparador profissional.

Dica 04: Monitore

O computador recebe energia - por exemplo, você ouve as ventoinhas girando ou os LEDs acendem - mas não vê nada na tela. Primeiro, certifique-se de que o monitor está ligado e corretamente conectado ao computador por meio do cabo de vídeo. Também pode ser devido a uma fonte de sinal incorreta no OSD (On Screen Display); quase todo monitor tem um botão com o qual você obtém um menu de configuração na tela. Também aqui, um teste transversal pode fornecer uma resposta definitiva: conecte seu monitor a outro PC e conecte outro monitor ao seu próprio PC.

Verifique se o seu monitor ainda funciona, um teste cruzado pode fornecer uma resposta definitiva

Dica 05: BIOS

Talvez o BIOS do seu sistema esteja corrompido ou você tenha selecionado acidentalmente configurações incorretas ao ajustar o BIOS. Este BIOS contém um conjunto de instruções básicas que fornecem comunicação inicial com o hardware; afinal, logo após ligar o PC, o sistema operacional ainda não está carregado. Quando algo está seriamente errado neste nível, pode realmente acontecer que seu sistema simplesmente trave.

Nesse caso, há pouca opção além de 'redefinir' seu BIOS. Na maioria dos casos, isso pode ser feito movendo temporariamente um 'jumper' na placa-mãe: em qualquer caso, consulte o manual do seu sistema. Ou você pode remover a bateria CMOS por alguns minutos após desconectar o cabo de alimentação. Essa bateria, geralmente uma bateria de célula tipo moeda CR2032, armazena parte da memória BIOS quando o PC é desligado. Lembre-se de que esta operação retornará o BIOS às configurações padrão, mas seu sistema ainda pode inicializar. Portanto, é uma boa idéia verificar as configurações do BIOS posteriormente e, se desejar, proteger o menu de configurações com uma (nova) senha. O manual do sistema dirá como chegar a este menu de configuração do BIOS, mas geralmente requer que você mantenha pressionada uma determinada tecla ao iniciar o PC (como Esc, Del, F2 ou F8).

Dica 06: códigos de BIOS

Você pode não ver uma imagem, mas seu sistema enfermo pode estar tentando explicar o que está acontecendo de uma maneira diferente. Isso geralmente é feito por meio de uma série de sinais sonoros ou possivelmente com a ajuda de LEDs. Afinal, assim que você liga o PC, o BIOS executa uma série de testes de diagnóstico e, quando tal teste falha, o BIOS gera uma série de códigos de bipes. A quantidade e a velocidade desses sinais de bipe indicam onde está o problema: RAM com defeito, por exemplo, ou placa gráfica com defeito. Verifique o manual do sistema ou google para algo como 'códigos de bipe E. Se for um problema de memória, muitas vezes ajuda se você 'reinstalar' os bancos de memória: então, retire-o, assopre a poeira e conecte-o firmemente. Se for o processador ou a placa-mãe, uma visita a um reparador profissional costuma ser a melhor opção.

Postagens recentes