É assim que você mesmo constrói um NAS barato

Com um NAS (armazenamento conectado à rede), você pode facilmente compartilhar arquivos entre computadores. Você nem sempre precisa comprar um dispositivo assim, talvez você já tenha todo o equipamento em casa sem saber com o qual pode lançar um NAS real de graça!

Dica 01: Roteador com NAS

Você sabia que existe uma chance de você já ter um NAS em sua casa, mesmo sem perceber? Portanto, antes de ir à loja ou fazer seu pedido online, vale a pena conferir. Os roteadores modernos costumam ter uma função NAS simples a bordo. É um extra e as opções são mais limitadas do que quando você compra um NAS 'real'. Leia também: Uma segunda vida para seu roteador em 8 etapas.

Por outro lado, para muitas pessoas, o objetivo principal de um NAS é facilitar o acesso e o compartilhamento de arquivos. E então você não precisa da maioria das funções extras de um NAS. Usar seu roteador como NAS economiza muito dinheiro e um dispositivo extra para gerenciar.

Dica 01 Os roteadores modernos possuem funcionalidade NAS a bordo.

Dica 02: por meio do navegador

O roteador é o dispositivo que você pega emprestado do provedor assim que você faz uma assinatura de Internet. O dispositivo geralmente está localizado no armário de medidores. Também é possível que você mesmo tenha comprado e instalado um roteador. Para habilitar a funcionalidade NAS, navegue até a página inicial do roteador por meio de um navegador, digitando um endereço IP na barra de endereços. Por exemplo //192.168.2.254. Você sempre encontrará o endereço correto na documentação que recebeu do provedor ou no manual do roteador. O acesso ao roteador é seguro, portanto, você também precisa de um nome de usuário e senha.

Você também encontrará essas informações na documentação. Uma vez conectado, você pode definir a opção de armazenamento. O modo como isso funciona exatamente difere de roteador, embora sempre resulte na mesma coisa em geral. Usamos a caixa Experia do provedor KPN como exemplo. Os nomes no software do seu roteador podem ser diferentes. Se você tiver um roteador antigo e a função de armazenamento estiver faltando, você pode considerar a compra de um novo roteador. Você também pode ler a dica 11, para usar um computador não utilizado como NAS.

Dica 02 Você pode fazer login no roteador por meio do navegador para poder configurar as coisas.

Dica 03: ative o USB

Uma vez logado na caixa Experia através do navegador, vamos para a guia Extras e então escolhemos na coluna cinza à esquerda para a opção USB. Nesta tela, primeiro ativamos a opção de armazenamento do roteador marcando a opção Habilitar função USB. Preencha o campo Nome do servidor Opcionalmente, insira um nome para o NAS ou deixe o nome padrão que já existe. Em seguida, clique no botão Aplicar para fazer as alterações.

Dica 03 primeiro ative a opção de armazenamento.

Postagens recentes