Análise do Motorola One Action - pronto para a ação?

"Capture a ação". É disso que se trata o Motorola One Action. vangloriar-se? Ou o One Action pode corretamente se denominar um 'smartphone de ação'? Nesta revisão você pode ler tudo sobre seus altos e baixos.

Motorola One Action

Preço 259 euros

Cores Branco azulado

SO Android 9.0 Pie

Tela LCD de 6,3 polegadas (1080 x 2520)

Processador Processador Exynos 9609 octa-core (2,2 GHz)

RAM 4GB

Armazenar 128 GB (expansível com cartão de memória)

Bateria 3500 mAh

Câmera 12,16,5 megapixels (traseira), 12 megapixels (frontal)

Conectividade 4G (LTE), Bluetooth 5.0, WiFi, GPS, NFC

Formato 16,1 x 7,1 x 0,9 cm

Peso 176 gramas

De outros leitor de impressão digital, usb-c, dual-sim

Local na rede Internet www.motorola.com 6 Pontuação 60

  • Prós
  • Imagem nítida
  • Hardware ultrarrápido
  • Software Android One
  • Negativos
  • Action Cam adequada apenas para gravação de vídeo
  • Vida da bateria
  • Quase imperceptível à poeira e à água
  • cores desbotadas

Câmera de ação

The One Action é o primeiro smartphone da Motorola com Action Cam. A lente grande angular é girada um quarto de volta. Isso permite que você filme no modo paisagem enquanto segura o dispositivo normalmente. A Motorola também possui um anexo para conectar o telefone à sua bicicleta, mas não é fornecido como padrão.

A Action Cam é um truque legal, mas tem três deficiências: não dá para fotografar com ela, filmar em 4K não é possível e ela só tem estabilização eletrônica de imagem. Apesar da falta de estabilização ótica de imagem, as imagens que você grava com a Action Cam são menos espasmódicas do que você esperaria.

Muito rápido e nítido

Tenho sentimentos confusos sobre a tela. Por um lado, a imagem é boa e nítida graças à resolução Full-HD e é maravilhoso assistir filmes e séries no monitor CinemaWide de 6,3 polegadas. Por outro lado, as cores ficam desbotadas e os contrastes deixam a desejar. Um buraco na tela para a câmera selfie não precisa ser um incômodo, mas com a One Action, o furador é desagradável devido ao seu tamanho.

Um aspecto em que a Motorola se destaca é o desempenho. O Exynos 9609 move montanhas com trabalho. Mesmo em alta velocidade, jogos como PUBG funcionam perfeitamente. A One Action, portanto, funciona como uma máquina bem oleada.

Android no seu melhor

O shell sobre o sistema operacional é minimalista, então você não é inundado com recursos redundantes. O Moto Actions, os gestos com a mão e furto da Motorola, estão naturalmente presentes. Graças ao Android One, as atualizações para o Android 10 e 11 estão em andamento. O One Action também receberá atualizações de segurança por três anos.

Decepcionante duração da bateria

Infelizmente, a Motorola desiste no que diz respeito à duração da bateria. A capacidade da bateria do One Action é de parcos 3500 mAh, que com este dispositivo mal dá para passar o dia. Não há suporte para TurboPower, o que significa que o carregamento leva mais de duas horas. Para um 'smartphone de ação', o One Action tem muito pouca resistência.

Outra deficiência é a resistência à poeira e à água. A certificação IPX2 oferece pouca proteção. Algumas gotas de chuva não vão doer, mas cuidado com a água corrente.

Conclusão

O Motorola One Action tem suas qualidades boas e ruins. A tela CinemaWide é bonita, grande e nítida, o hardware é rápido, o sistema operacional está próximo do estoque Android e a Motorola promete muitas atualizações no futuro. A Action Cam com lente grande angular inclinada é uma boa adição, mas não sem suas falhas. O fato de um 'smartphone de ação' quase não ser resistente à água também é uma lacuna. O maior calcanhar de Aquiles é sem dúvida a duração da bateria.

O One Action em si não é um smartphone ruim. Na minha opinião, existem muitas alternativas na mesma faixa de preço onde você tem que fazer menos concessões, como o Samsung Galaxy A50. Portanto, é difícil recomendar a Ação Única de todo o coração.

Postagens recentes